Quais são os melhores sites para procurar emprego na França?

Categorias: Morar na França

This post is also available in: Português

Como achar seu emprego dos sonhos na França?

Planejando trabalhar na França ou chegou por aqui e precisa de um emprego? Independente se você veio morar na França com finalidade de estudos ou trabalho, se inserir no mercado de trabalho, será um objetivo a curto ou a longo prazo e um passo nem sempre tão óbvio.

Primeiramente, na França assim como no Brasil, a maioria das vagas é anunciada online através de sites especializados. Sendo assim, a melhor forma de encontrar um emprego é enviando seu currículo e carta de motivação para o site certo (Leia também: Como fazer o currículo perfeito em francês?  Como fazer uma carta de motivação em francês?

Rio Sena, Paris – 2019. @paoladecampos

 

Dessa maneira, separei para você a preciosa lista de sites, onde achei desde minha Alternance (programa de trainee em francês, até meu CDI  (Leia também: Os tipos mais comuns de contrato de trabalho na França )

C’est parti ?

 

1. O clássico: Site da empresa

Se você já tem alguma empresa em mente ou um ramo específico com o qual se identifica, uma ótima ideia é consultar diretamente o site da empresa para verificar se existe alguma vaga compatível com o seu perfil. Caso não tenham vagas no momento da sua pesquisa, ainda assim é interessante, pois você tem a possibilidade de se cadastrar no banco de dados da empresa, o que chamamos aqui de “candidature spontanée”.

Além disso, na França, muitas empresas optam por divulgar a vaga somente no próprio site ( ainda mais no mercado de luxo). O objetivo é atrair candidatos realmente interessados na empresa e não somente no salário ou no status de trabalhar naquela empresa. Outra astúcia, é que na hora da entrevista, muitos recrutadores perguntam onde você achou a vaga e soa muito mais interessante alguém que se identifica com a marca e foi procurar diretamente no site, concorda?

2. O famoso: LinkedIn

Gosto de dizer que o LinkedIn é o primo discreto do Instagram. Isto é, ao invés de receber atualizações diárias de vidas interessantes, recebemos de carreiras de sucesso.
Sem dúvidas, o LinkedIn é a plataforma de busca de empregos que mais vem ganhando espaço no mundo, e na França isso não é diferente. Sob o mesmo ponto de vista, é super importante manter o LinkedIn atualizado, pois ele funciona basicamente  como um cartão de visita online.

Além disso, na França, tem se tornado cada dia mais comum ser contatado pelo recrutador ou “chasseur de tête” te propondo uma vaga. Outro fato importante é que a maioria dos recrutadores irá procurar seu LinkedIn depois de receber seu CV. Isso porque, como por aqui não existe carteira de trabalho, é mais fácil mentir e aumentar experiências no CV do que no Linkedln, onde geralmente adicionamos colegas de trabalho, chefes, diplomas projetos e outros.

3. O prático: Indeed

Se eu tivesse que escolher um preferido dessa lista, seria o Indeed. Ele é meu queridinho pois é um site super prático que permite poupar MUITO tempo de pesquisa. O site te economiza o tempo de procurar vaga por vaga, pois ele “filtra” pelas palavras-chave o que você escolheu e busca ele mesmo as vagas anunciadas pelas empresas. Eu aconselho que você tire algumas horinhas para criar seus alertas e eles enviarão as vagas diariamente ou semanalmente diretamente no seu e-mail. Ele também tem um sistema inteligente que te propõe novas vagas de acordo com os links que você clica. As vagas divulgadas são das mais diversas áreas, desde empregos estudantis até grandes multinacionais. 

Se cadastre agora: www.indeed.fr

4. O moderno: Welcome to the jungle

Esse é um site de busca mais jovem, moderno e cheio de empresas “cool” e startups. Além de vagas de emprego, o Welcome to the Jungle  oferece também vários artigos muito interessantes sobre o mercado de trabalho francês e até mesmo cursos e eventos presenciais.

Assim, o Welcome to the Jungle é uma plataforma bem moderna com o objetivo de orientar o candidato em todo o processo de busca e inserção no mercado de trabalho. A pitada extra ? As empresas carregam vídeos dos fundadores explicando suas empresas, fotos das equipes e de suas instalações. Normalmente, os jovens recém diplomados o utilizam muito, mas também é super útil para quem quer mudar de área, carreira ou que cansou de grandes empresas e deseja um ambiente mais leve e menos hierárquico que o de grandes instituições.

5. O revolucionário: Glassdoor 

Eu diria que esse site ainda não é tão popular quanto merece, visto que é um verdadeiro revolucionário no mundo da busca de emprego.

Com o Glassdoor,  é possível ter uma ideia  sobre vários aspectos da empresa, por exemplo: como será a entrevista, o salário, os benefícios e diversos outros detalhes que até então só descobríamos se conhecêssemos alguém na empresa. Sobretudo, o mais interessante é que essas informações são enviadas confidencialmente por pessoas que trabalham ou trabalhavam na empresa em questão. Dessa forma, lendo algumas opiniões é possível ter um ideia de como é o ambiente e quais as maiores vantagens e desvantagens.

Bônus do artigo: 

Grupos no Facebook

Outra forma mais alternativa é buscar por grupos no Facebook. Pode parecer informal demais, mas existem várias vagas sendo divulgadas todo dia nessa rede social. Vale a pena dar uma pesquisada nos diversos  “grupos de brasileiros na França” por exemplo, que divulgam vagas para quem ainda não fala francês fluentemente, para quem é nativo em português, para trabalhos esporádicos ou outros.

Exemplos de grupo no Facebook: Emprego em Paris e arredores .

Outros sites para achar emprego na França:

Gostou das dicas? Ainda tem alguma dúvida sobre como buscar emprego na França?